• Clinica NeuroGandolfi

Bebê de 6 meses e já comendo Petit Suisse e Cereal Infantil?

Atualizado: Mai 14

Uma coisa importante de ser entendida é que a alimentação até os 2 anos de vida do bebê é capaz de determinar um maior ou menor risco do desencadeamento de doenças futuras como obesidade, dislipidemia (colesterol ruim aumentado), triglicerídeos elevados, hipertensão arterial sistêmica, diabetes e doenças cardíacas e renais. O tal falado MIL DIAS DO BEBÊ!


Não, não é exagero evitar oferecer pirulitos e balas para seu filho de um ano. Não é exagero evitar dar chocolate para uma criança de 8 meses ou introduzir Petit Suisse na sua alimentação.

Se você acha que ensinar seu filho de 1 ano a comer fruta, ao invés de chocolate, seja "judiação", talvez você precise rever algumas coisas.


A criança não é um adulto em miniatura, mas sim um ser ainda em formação, tanto do ponto de vista metabólico quanto psicológico. Você influencia e ensina hábitos aos seus filhos desde muito pequenos.


Alguns estudos mostram que as crianças e adolescentes brasileiros ingerem muito mais açúcar do que deveriam em um dia de dieta e se exercitam menos do que deveriam. Qual tem sido o resultado disto? É só olhar ao redor.. .Cada dia temos mais e mais crianças e adolescentes com sobrepeso e obesidade, aumentando o risco de uma vida adulta doente. Cada dia há mais crianças e adolescentes tomando medicamento para "controlar" a pressão arterial sistêmica e "abaixar" o colesterol ruim e o triglicérides. Até há casos de acidente vascular encefálico isquêmico ("derrame cerebral") por esses mesmos motivos e, consequentemente, podendo deixar sequelas para a vida toda.


Antes de ter dó do seu filho "ficar aguado" porque viu o outro comendo um chocolate e você evitou dar, tenha dó de aumentar o seu risco para doenças futuras que podem tirar sua qualidade de vida em uma fase precoce da vida.


Eu costumo brincar que aquele "achocolatado" que você colocou no leite só para ele aceitar melhor a mamadeira é a porta de entrada para doenças maiores. Então, pense bem: ele terá a vida toda para experimentar. Espere pelo menos os dois anos de idade para introduzir certos alimentos açucarados.


Os enlatados, embutidos, açúcar, refrigerantes, sucos artificiais, sucos em pó, leite de caixinha, chocolate, iogurte com três ou mais ingredientes, balas, pirulitos, temperos e molhos artificiais, margarina, macarrão instantâneo, requeijão, mostarda, maionese, Ketchup, massas instantâneas, gelatina, salgadinhos artificiais, cereal infantil, comidas congeladas industrializadas e prontas, farinha de amido de milho, doces, alimentos industrializados em geral e agrotóxicos (verduras, frutas, legumes tem agrotóxicos, priorizem usar alimentos orgânicos) não são para bebês.


#Dica: Tenha bons hábitos. Ensine bons hábitos. Vocês são o primeiro espelho. Pensem nisso: O que vocês querem para a futura saúde dos seus filhos?

#cuidadosinfantis #cuidadonainfancia #sercrianca #mamaecuida #papaicuida #cuidados


Dra. Valéria Gandolfi Geraldo

Pediatria - Neurologia Pediátrica

CRM-SP: 105.691 / RQE: 26.501-1

0 visualização

Rua Dr. Pedro Costa, 483 - 3o. andar, sala 32, Centro, Taubaté - SP

CEP: 12.010-160  -  Tel: (12)-3621.4846 / Celular e whatsApp: (12) 97401. 8970  

E-mail: neurogandolfi@hotmail.com  -  Atendimento secretaria: Segunda a sexta das 9h às 16h

©  2020 por Clínica Neurológica Gandolfi.

  • Autismo na web
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon