top of page
  • Foto do escritorClinica NeuroGandolfi

Parceiros na Educação: Estratégias Escolares Eficientes para Crianças com TDAH



Parceiros na Educação: Estratégias Escolares Eficientes para Crianças com TDAH


O ambiente escolar desempenha um papel crucial no apoio às crianças com Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH). Adotar estratégias escolares eficazes não apenas melhora o desempenho acadêmico, mas também promove um ambiente de aprendizado positivo para todas as crianças. Vamos explorar três abordagens comprovadas: RTI (Response to Intervention), EBS (Effective Behavioral Supports), e PBS (Positive Behavior Support).


1. RTI (Response to Intervention):

  • O RTI é um modelo preventivo que identifica e aborda precocemente as dificuldades acadêmicas e comportamentais. Ele se baseia em três níveis de intervenção:

  1. Prevenção Universal: Estratégias para todos os alunos.

  2. Prevenção Seletiva: Intervenções específicas para grupos com necessidades adicionais.

  3. Intervenção Indicada: Apoio intensivo para alunos que necessitam de intervenção individualizada.

2. EBS (Effective Behavioral Supports) ou Apoios Comportamentais Eficazes:

  • Focado no comportamento, o EBS enfatiza a prevenção de problemas antes que ocorram. Inclui:

  1. Definição Clara de Expectativas: Estabelecer expectativas de comportamento claras e positivas.

  2. Reforço Positivo: Reconhecer e recompensar comportamentos desejados.

  3. Intervenção Antecipada: Identificar sinais precoces de dificuldades e intervir prontamente.

3. PBS (Positive Behavior Support):

  • O PBS é uma abordagem abrangente que visa criar um ambiente escolar positivo e de apoio. Inclui:

  1. Análise Funcional do Comportamento: Compreender as razões por trás do comportamento.

  2. Desenvolvimento de Estratégias Personalizadas: Criar planos individualizados baseados nas necessidades específicas do aluno.

  3. Colaboração com Pais e Professores: Estabelecer uma parceria para consistência entre a escola e o ambiente doméstico.

Benefícios para Alunos com TDAH:

  1. Ambiente Estruturado: Estratégias como rotinas consistentes oferecem previsibilidade.

  2. Apoio Individualizado: Planos de intervenção personalizados abordam desafios específicos.

  3. Reforço Positivo: Reconhecimento de conquistas fortalece a autoestima.

  4. Colaboração: Comunicação aberta entre escola, pais e profissionais otimiza a eficácia das estratégias.


Conclusão: Ao adotar abordagens como RTI, EBS e PBS, as escolas tornam-se não apenas centros de aprendizado, mas também espaços de apoio integral. A colaboração entre educadores, pais e profissionais cria um ambiente que capacita crianças com TDAH a alcançarem seu pleno potencial acadêmico e emocional.


Referências:

  • National Center on Response to Intervention (2010). Essential Components of RTI.

  • Sugai, G., & Horner, R. H. (2008). What We Know and Need to Know About Preventing Problem Behavior in Schools. Exceptional Children, 74(3), 333-351.

  • Horner, R. H., et al. (2009). School-Wide Positive Behavior Support: Implementers' Blueprint and Self-Assessment. Journal of Positive Behavior Interventions, 11(1), 3-20.


Dra. Valéria Gandolfi Geraldo

Pediatria - Neurologia Pediátrica

CRM-SP: 105.691 / RQE: 26.501-1

3 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page