top of page
  • Foto do escritorClinica NeuroGandolfi

Lidando com estigmas da Epilepsia: Dicas Importantes.


Lidando com estigmas da Epilepsia: Dicas Importantes.

Lidar com os estigmas associados à epilepsia pode ser desafiador, mas estratégias específicas podem ajudar a superar as barreiras sociais e promover uma compreensão mais ampla dessa condição neurológica. A seguir irei de dar algumas dicas:


Primeira Dica: Autoconhecimento: Entender sua própria condição é o primeiro passo crucial para enfrentar estigmas. Conhecer os próprios desafios, limitações e necessidades permite uma abordagem mais empoderada e assertiva nas interações sociais.


Segunda Dica: Educação: Informar-se e educar os outros sobre a epilepsia é fundamental para combater mitos e concepções equivocadas. Disponibilizar informações precisas e confiáveis ajuda a criar uma base de entendimento que reduz estigmas e preconceitos.


Terceira Dica: Compartilhamento Controlado: Escolher com quem compartilhar informações sobre a epilepsia pode ser estratégico. Optar por um compartilhamento controlado, especialmente no ambiente de trabalho ou escolar, permite que a divulgação seja feita de maneira mais educativa e destituída de estigmas.


Quarta Dica: Construção de Rede de Apoio: Estabelecer uma rede de apoio composta por amigos, familiares e colegas pode ser fundamental. Ter pessoas ao redor que compreendem a condição e estão dispostas a oferecer suporte emocional pode ser uma fonte valiosa de fortalecimento.


Quinta Dica: Conheça seus Direitos: Conhecer e defender seus direitos é crucial para enfrentar estigmas no ambiente profissional, educacional e social. Em muitas jurisdições, existem leis que protegem as pessoas com epilepsia contra discriminação, assegurando condições justas e equitativas.


Ao adotar essas estratégias, indivíduos com epilepsia podem contribuir significativamente para mudar percepções e criar um ambiente mais inclusivo. A educação contínua, aliada a uma abordagem empática, desempenha um papel fundamental na desmistificação da epilepsia e na promoção de uma sociedade mais compreensiva e solidária.


Dra. Valéria Gandolfi Geraldo

Pediatria - Neurologia Pediátrica

CRM-SP 105.691 - RQE: 26.501-1

5 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page