top of page
  • Foto do escritorClinica NeuroGandolfi

Meu Filho Tomou o Medicamento e Vomitou. E Agora, o que Eu Faço?




Meu Filho Tomou o Medicamento e Vomitou. E Agora, o que Eu Faço?


A administração de medicamentos às crianças pode ser desafiadora, e um episódio de vômito logo após a ingestão pode gerar preocupação nos pais. Entender como agir nessa situação é fundamental para garantir a eficácia do tratamento. Aqui estão algumas orientações práticas para lidar com a situação quando seu filho vomita após tomar um medicamento.


1. Vômito nos Primeiros 15 Minutos: Repita a Dose Integralmente

Se o vômito ocorrer nos primeiros 15 minutos após a administração do medicamento, é aconselhável repetir a dose integralmente. Isso se deve ao fato de que o medicamento pode não ter sido absorvido completamente pelo organismo durante esse curto intervalo de tempo. Ao administrar uma segunda dose completa, você ajuda a garantir que a quantidade necessária do medicamento seja absorvida para proporcionar os benefícios terapêuticos desejados.


2. Vômito entre 15 e 40 Minutos: Ofereça Metade da Dose Novamente

Se o vômito ocorrer entre 15 e 40 minutos após a administração, a abordagem é um pouco diferente. Nesse caso, não é aconselhável repetir a dose integralmente, pois parte do medicamento já pode ter sido absorvida. Em vez disso, ofereça ao seu filho metade da dose original. Essa prática visa compensar a possível perda do medicamento sem expor a criança a uma quantidade excessiva.


3. Vômito após 40 Minutos da Administração: Não Faça Nada

Se o vômito ocorrer após 40 minutos da administração, a orientação é não tomar nenhuma ação adicional. Nesse ponto, é provável que o medicamento já tenha sido absorvido adequadamente pelo organismo. Repetir a dose nesse momento pode resultar em uma quantidade excessiva do medicamento no sistema, o que não é desejado. É importante observar o estado da criança, garantindo que ela não apresente sinais de desconforto ou efeitos adversos relacionados ao medicamento.


Dicas Adicionais:

  • Observe Outros Sintomas: Além de considerar o tempo decorrido desde a administração do medicamento até o vômito, é importante observar outros sintomas que seu filho possa apresentar. Se houver sinais de desconforto significativo, consulte imediatamente um profissional de saúde.

  • Consulte um Profissional de Saúde: Se houver dúvidas ou preocupações sobre a administração do medicamento após um episódio de vômito, é sempre aconselhável entrar em contato com um profissional de saúde. Eles poderão fornecer orientações personalizadas com base no medicamento específico e nas necessidades da criança.


Lidar com situações em que a criança vomita após tomar um medicamento pode ser estressante, mas seguir as orientações adequadas ajuda a minimizar os riscos e a garantir a eficácia do tratamento. Ao agir com calma e seguir as instruções fornecidas, os pais podem contribuir para o cuidado adequado de seus filhos durante o processo de administração de medicamentos.



Dra. Valéria Gandolfi Geraldo

Pediatria - Neurologia Pediátrica

CRM-SP 105.691 - RQE: 26.501-1

1 visualização0 comentário

Comentarios


bottom of page