Neurologia pediátrica

Sobre a área de atuação

(1) O que é Neurologia Pediátrica?

A Neurologia Pediátrica é uma área de atuação  clínica que avalia o sistema nervoso central (cérebro, cerebelo e tronco encefálico) e periférico (nervos) das crianças e adolescentes.

É o médico Neurologista Pediátrico (conhecido como neurologista infantil ou neuropediatra) que avalia todo o desenvolvimento da criança e do adolescente, do ponto de vista das suas aquisições motoras, cognitivas e de linguagem, desde o nascimento até a fase adulta.

Nos últimos anos, com todos os avanços científicos nas áreas de genética molecular, exames de imagem, eletroencefalografia e bioquímica, houve uma melhora significativa na avaliação e diagnóstico dos distúrbios observados no campo da Neurologia Pediátrica.

Todos esses novos conhecimentos nos têm permitido maiores e melhores abordagens para as crianças e adolescentes com Transtorno do Espectro Autista, Deficiência Intelectual, atraso na linguagem, epilepsia, doenças do metabolismo e musculares, infecções cerebrais, sequelas de prematuridade e doenças genéticas neurodegenerativas.

 

(2) Quando é preciso procurar um especialista em Neurologia Pediátrica?

Os pais de crianças e adolescentes acometidas de problemas neurológicos graves, seja por sequelas, traumas mecânicos ou questões genéticas e hereditárias, via de regra chegam naturalmente ao consultório de Neurologia Pediátrica, muitas vezes encaminhados por especialistas de outras áreas. Entretanto, crianças e adolescentes com problemas leves e muitas vezes imperceptíveis aos pais, ou tidos como "fase", manha ou birra, são identificadas pelos pediatras e encaminhadas por esses profissionais ao Neurologista Pediátrico.

Por isso, também é importantíssimo que os pais cumpram a recomendação de, até o primeiro ano de vida, levar a criança mensalmente ao pediatra. Esse profissional também deve continuar sendo visitado periodicamente até o final da adolescência.

(3) Como são feitas as avaliações no consultório de Neurologia Pediátrica? 

Cabe ao neurologista pediátrico lançar mão de todos os recursos necessários para a realização de uma anamnese detalhada, seguida de exame físico geral e neurológico, dirigido para a idade da criança ou adolescente. Pode ser necessário a aplicação:

 

É de fundamental importância uma conversa franca e aberta com pais ou responsáveis, explicando detalhadamente sobre possíveis diagnósticos, tratamentos, reabilitação e prognóstico, tudo a fim de otimizarmos todo o plano terapêutico e possibilitar à criança ou adolescente uma pronta reabilitação dentro do que estiver ao alcance da Neurologia Pediátrica e também de uma possível abordagem transdisciplinar, envolvendo outras áreas como fonoaudiologia, psicologia, neuropsicologia, musicoterapia, arteterapia, equoterapia, fisioterapia, terapia ocupacional, psicopedagogia e outras.

(4) Algumas patologias frequentes nos consultórios de Neurologia Pediátrica: 

- Dificuldade escolar/Transtornos de aprendizagem/Transtornos comportamentais escolares;

- Dores de cabeça/cefaleia;

- Hiperatividade e déficit de atenção (TDAH);

- Crises epilépticas/convulsão/Epilepsia/Convulsão febril;

- Paralisia cerebral infantil (PC);

- Deficiência Intelectual (DI);

- Problemas de sono;

- Doenças neuromusculares e neurocutâneas; 

-  Doenças Metabólicas Hereditárias ou Erros inatos do metabolismo (EIM);

- Doenças degenerativas do sistema nervoso central e periférico;

- Transtornos do espectro autista (TEA);

- Prematuridade;

- Atraso no desenvolvimento neuropsicomotor (DNPM)/Atraso Global do Desenvolvimento. 

Rua Dr. Pedro Costa, 483 - 3o. andar, sala 32, Centro, Taubaté - SP

CEP: 12.010-160  -  Tel: (12)-3621.4846 / Celular e whatsApp: (12) 97401. 8970  

E-mail: neurogandolfi@hotmail.com  -  Atendimento secretaria: Segunda a sexta das 9h às 16h

©  2020 por Clínica Neurológica Gandolfi.

  • Autismo na web
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon